Fertilidade Do Solo: Como Mudar


O solo é formado a partir de um ajuntamento de matéria orgânica conseguida a partir da decomposição de plantas e animais e minerais, constituindo a camada mais superficial da crosta terrestre. O solo é importante para se fazer o plantio de diversos tipos de alimentos.

Sendo natural ele serve como fonte principal de nutrientes para as plantas, que são usadas como fonte de alimentação pelos animais e seres humanos. O plantio é realizado há milhares de anos, contribuindo com a alimentação e ainda uma grande fonte de renda por meio do comércio dos produtos que se cultiva.

Cada tipo de composição do solo vem a interferir diretamente no cultivo das plantas, já que a quantidade de substâncias contidas no solo reflete na agricultura. Todos aqueles solos abastados de nutrientes têm enorme fertilidade, o que se apresenta de forma positiva para o plantio. Enquanto que os solos que são pobres em substâncias precisam de adaptações corretas para que se faça a plantação.

Por isso, diversas técnicas agrícolas passaram a ser desenvolvidas para modificar o solo e deixá-lo adequado às plantações. Determinadas medidas precisam ser tomadas antes de se fazer o plantio e, entre as técnicas mais usadas na plantação estão a apreciação da composição da terra, da aragem, drenagem do solo, irrigação do plantio, adubação, uso dos agrotóxicos, e ainda outros.

Entretanto, determinadas técnicas agrícolas acabam provocando diversos problemas ambientais, tais como o desmatamento, a poluição da terra e decorrência dos agrotóxicos, desmatamentos, contaminação das águas dos rios e mananciais, queimadas, erosões, e ainda outros.

Cuidados com o Solo

O solo já tem sido objeto de estudo por vários anos, especialmente para saber quanto a sua fertilidade. A nutrição das plantas que é conseguida a partir do contato com o solo é algo de grande importância. Em razão disso é feita uma enormidade de atividades que possuem como foco principal avaliar o quão fértil é o solo e ainda sua possível capacidade de interação com a planta.

Como Mudar a Fertilidade do Solo

Existe a possibilidade de se fazer a correção de possíveis excessos e deficiências do solo para assim garantir uma melhor produção. Dessa maneira, vários nutrientes são precisos para um aproveitamento melhor do solo e ainda de seu manejo durante o plantio. Aprenda como tornar o solo fértil a partir de várias técnicas descritas abaixo:

a) Existem diversas fases que são analisadas para se avaliar os tipos de solos. Existe o solo chamado de natural, que não contém nenhuma forma de fertilizante em sua composição e, em muitas situações não há a necessidade de se acrescentar qualquer tipo de nutriente.
O termo fertilidade atual faz referência ao solo que passou por algum tipo de alteração causada pelo homem. Nessas situações é preciso verificar qual a planta que será cultivada e ainda qual a sua precisão de nutrientes.
Há fertilizantes que melhoram a capacidade de fertilização do solo para fazer a nutrição da planta, os mais habituais deles são aqueles que contêm Cálcio, Potássio e Nitrogênio, bastante usados, sendo recomendados para inúmeras plantas. Entretanto, há de se ter atenção com seu uso, já que grande parte deles é sintético, podendo apresentar risco aos seres humanos e às plantas.
Por isso, somente é recomendada sua aplicação por indicação de um profissional da área, como, por exemplo, um engenheiro agrônomo.

b) Para que haja um desenvolvimento completo da planta, além de contar com um solo fértil, é preciso que a terra seja própria para que a planta possa desenvolver e fixar bem suas raízes. A luz do sol, a temperatura, e a quantidade certa de água devem ser oferecidas em quantidade suficiente para que a cultura possa se desenvolver adequadamente. Um solo fértil é somente uma das partes necessárias para que se obtenha um sadio plantio.

c) É bastante usado o adubo orgânico, sendo obtido a partir de restos de matéria orgânica, como palhas, esterco, capim, sobras de cultura, serragem, farinha de osso e ainda muito mais. Esses materiais se transformam em húmus depois de terem contato com a terra, ajudando na perda e no ganho de nutrientes importantes para o solo como o potássio, o cálcio e o magnésio. Em várias situações a adubação orgânica já basta para que se consiga uma fertilidade adequada do solo.
A utilização do adubo orgânico diminui o custeio causado com a adubação mineral e não oferece muitos riscos ao solo, ao contrário, essa forma de adubação tem se mostrado bastante benéfica, especialmente pela diminuição do alumínio e da acidez do mesmo. Esse adubo deve ser utilizado em conjunto com o arado até 20 dias antes de se começar a plantar.

Problemas Que Podem Contribuir Para Deterioração do Solo

O solo faz parte da camada mais aparente da crosta terrestre, sendo obtido especialmente por aglomerados de matéria orgânica e minerais, que se formam a partir da decomposição de plantas e animais.

Com o passar do tempo sofre inúmeras transformações, inclusive os fenômenos naturais e ainda aqueles causados pela ação do homem. As transformações do solo podem ser conseguidas pela intervenção dos ventos, das chuvas, asfaltamento, dos rios, e ainda em decorrência das construções de cidades, dentre outros.

Por exemplo, podemos citar um fator que intervém bastante na qualidade e aparência do solo, como a erosão, sendo uma das alterações mais preocupantes do mesmo. Esse tipo de processo é feito a partir do deslocamento de solo através dos rios, das chuvas ou ainda dos constantes ventos, arrastando as partículas do solo para as regiões mais baixas do terreno.

Outra modificação do solo que pode causar problemas ambientais bastante preocupantes é a desertificação. Esse tipo de problema, bastante habitual nas áreas áridas e semiáridas e ainda nas subúmidas, tem como característica a perda da capacidade de produção do solo. Os desmatamentos e as queimadas colaboram para a perda de conteúdos importantes do solo.

Por isso, a desertificação e a erosão, aliadas a demais modificações do solo podem ser conseguida por fatores naturais, ou ainda através da ação do homem, que pode até não agir diretamente, mas por meio de muitas ações acaba aceleramento todo esse processo de desnutrição do solo.

Fonte: www.culturamix.com

Comentários

  1. Ao visitar alguns blogs me deparei com o seu, e quero dar-lhe os parabéns por partilhar o seu saber, gostei por isso deixo aqui um convite:
    Ficaria radiante se visita-se o meu blog, e leia alguma coisa, meu blog é um blog cristão que fala de diversos assuntos.
    É o Peregrino E Servo.
    Desejo muita paz e saúde.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas