Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Bioeconomia: uma tendência global?

Com refinarias e uma alta chaminé como pano de fundo, grandes amontoados de lenha recepcionam os visitantes da fábrica de bioprodutos Äänekoski Metsä. Localizada na região central da Finlândia, ela é a maior fábrica do tipo no Hemisfério Norte. Na verdade, ela é mais que uma fábrica, ela reúne todo um ecossistema de empresas que ganham dinheiro a partir de árvores como pinheiro, bétula e píceas, todas típicas de países com clima temperado. As toras de madeira são trazidas diariamente por caminhões e vêm de florestas do país gerenciadas de forma sustentável. Reaberta em agosto de 2017, a fábrica de polpa de celulose do grupo Metsä já existe há 35 anos. Trata-se de uma parceria público-privada e é, de longe, o maior investimento já feito pela indústria florestal finlandesa. Ela é também um ótimo exemplo da tendência crescente de se apostar na bioeconomia, defendida tanto por legisladores quanto pela indústria como opção para reduzir a dependência do país de combustíveis fósseis. Transforma…

Últimas postagens

Ontem e Hoje - Extremos no clima

Meio ambiente: 2017 tumultuado e 2018 de renovação

Conselho define regras para uso das águas

Toneladas de lixo eletrônico

Belo Sun: muitos riscos, poucas respostas

Os impactos da ‘Black Friday’ sobre nosso planeta

Acordos climáticos atuais não vão frear o aquecimento

Poluição mata quinze vezes mais que todas as guerras do mundo

Mais de 80% da população brasileira habita 0,63% do território

Estudo revela que florestas tropicais estão perdendo carbono